Todos os posts em Filme


Eiffel, filme francês estrelado por Emma Mackey e Romain Duris fará sua estreia no cinema francês em maio e como forma de divulgação a revista francesa Première dedicou a nova edição para o longa com novas fotos do filme e também entrevistas com o elenco. Confira abaixa a tradução da entrevista da Emma e as fotos em nossa galeria:

Se Eiffel leva o nome do criador da famosa torre, este filme se apoia em dois pilares: Gustave Eiffel e Adrienne. O engenheiro e o amor de sua vida, que o destino recolocou em seu caminho vinte anos depois de um término do qual ele nunca se recuperou. Basta uma cena, ou mesmo uma simples tomada, para entender o talento que a atriz que interpreta Adrienne entrega nesse papel, nessa dupla e nesse filme. Seu rosto é mundialmente famoso, mas Eiffel trará outra coisa para Emma Mackey: o reconhecimento do cinema francês e uma verdadeira metamorfose.

Do estilo punk com piercings e cabelo rosa em Sex Education à uma jovem de boa família vinda de Bordeaux com um francês perfeito. Ambas, no entanto, compartilham uma coisa em comum: um temperamento rebelde, um desejo de sair da caixa ou mesmo explodi-las.

“A proposta para esse filme veio na hora certa”, diz Emma Mackey alegremente ao telefone durante as gravações da terceira temporada de Sex Education. “Meu desejo pelo cinema francês estava cada vez mais forte. E como poderia ser mais francês do que um filme da torre Eiffel?”

Nativa de Le Mans, França (pai francês, mãe inglesa) passou a maior parte de sua vida lá. Mas é de fato através do Canal da Mancha que seu desejo de se tornar atriz se concretizou. “Quando criança, eu cresci assistindo filmes, séries, peças de teatro. Um dos meus avôs fazia teatro e uma vez por ano ele me levava para ver um musical. Eu adorava… mas sem pensar que um dia poderia fazer parte daquele mundo.” Mas na adolescência, tudo mudou. “Tudo começou com a ideia de que eu deveria deixar Sablé-sur-Sarthe para estudar literatura, para mergulhar na parte britânica da minha cultura.” A atriz foi para a Universidade de Leeds onde, paralelamente aos seus estudos de literatura clássica, teve as primeiras aulas de interpretação. “E lá, encontro pessoas que me fazem entender que este trabalho poderia ser para mim. Um professor teve uma influência decisiva no meu aprendizado e nas portas que abriram para mim”.

É graças a esse professor que ela encontrou um agente. Muito rapidamente, depois de um punhado de testes mal sucedidos, ela conseguiu o papel de Maeve Wiley em Sex Education. “Honestamente, eu não achei que tivesse uma chance. Eu era o oposto do papel na minha idade e na minha aparência. Eu estava indo para este casting para aprender.”

No processo, Emma Mackey recebe muitos papéis de personagens como Maeve, os quais ela recusa. “Lógico, ninguém me conhecia. Você poderia acreditar que eu era aquela personagem.” É da produtora francesa Vanessa van Zuylen que sairá a proposta com a qual ela sonhou. “Eu queria me reconectar com a minha parte francesa. E o que poderia ser melhor do que esse intenso papel de uma mulher que é curiosa e ávida pela vida?” Sua primeira experiência em francês. “No início, fiquei apreensiva. Depois de três anos em imersão na Inglaterra, me perguntei se ainda sabia falar francês perfeitamente. Como na minha cabeça, a garotinha da série da Netflix que caiu no meio dessas pessoas que tem feito filmes há anos tinha que provar alguma coisa. Mas esse medo rapidamente desapareceu. A única coisa é que a musicalidade é diferente. Para quem tende a falar vitem, eu tenho que gastar mais tempo quando falo em francês.”

Este ano será um ano e tanto para a carreira de Emma Mackey, porque além de Eiffel, ela estará na terceira temporada de Sex Education e também no filme Morte no Nilo de Kenneth Branagh [que foi adiado para fevereiro de 2022). Agora, ela está se preparando para se tornar Emily Brontë no filme Emily de Frances O’Connor. Sua ascensão ao estrelato apenas começou. “Essa menina é a semente de uma Meryl Streep”, garante Vanessa van Zuylen. Compartilhamos totalmente de sua intuição.


Fonte: Première Magazine
Tradução & Adaptação: Equipe Emma Mackey Brasil

Post arquivado em: Eiffel, Entrevista, Filme

Com o lançamento para março no formato digital, The Winter Lake, filme de suspense estrelado por Emma Mackey, ganhou seu primeiro trailer divulgado pelo IMDb. Confira:

The Winter Lake conta a história de um adolescente que após fazer uma descoberta sombria em um lago sazonal, descobre a verdade sobre seus vizinhos, um pai e uma filha que guardam segredos sinistros.

Post arquivado em: Filme, The Winter Lake

O site Flickering Myth divulgou com exclusividade um novo pôster de The Winter Lake, filme estrelado por Emma Mackey e Anson Boon. Confira em nossa galeria:

The Winter Lake terá sua estreia no formato digital em 15 de março no Reino Unido.

Post arquivado em: Filme, The Winter Lake

Como parte da divulgação de Morte no Nilo, Emma Mackey concedeu uma nova entrevista para a edição de novembro da ELLE Canadá. Confira:

HÁ UMA FORÇA SILENCIOSA A SER OBTIDA a voz da atriz franco-britânica Emma Mackey – um senso de convicção que está presente em tudo que ela diz, não importa o assunto. É por isso que quando ela diz “Eu quero ajudar as pessoas e quero [usar] a atuação como uma forma de servir”, eu acredito nela. “Tive a sorte de interpretar mulheres importantes que são maiores do que a própria vida”, diz a jovem de 24 anos. “Eu sempre tento [assumir] personagens que se sentem necessárias, têm significado e vão educar ou transmitir algo positivo – mesmo que seja apenas para um membro do público”. Mackey entrou em cena há quase dois anos na comédia dramática de sucesso da Netflix, Sex Education, na qual ela tem uma atuação impressionante como a séria-e-mais-vulnerável-que-possa-parecer Maeve. A próxima estrela: a astuta e resiliente Jacqueline de Bellefort na adaptação do icônico suspense policial da Agatha Christie, Morte no Nilo, que deve chegar aos cinemas neste outono.

PERSONAGEM DOS SONHOS
“Eu estava trabalhando em um curta e descobri que fui escalada para Morte no Nilo na hora do almoço. Eu não podia contar a ninguém porque era ultrassecreto. Eu chorei um pouco, me recompus e depois tive que voltar para o set.”

AMADURECIMENTO
“[Interpretar Jacqueline] pareceu muito maduro. Eu era a mais jovem do elenco e estava cercada por todas essas pessoas extremamente talentosas, como Annette Bening, Letitia Wright e Gal Gadot. Ver tantas mulheres de diferentes origens foi muito especial. Tive a oportunidade de observar outras pessoas fazendo seu trabalho e assumi a responsabilidade de trabalhar mais duro.”

SEX EDUCATION
“É um privilégio interpretar Maeve. Sou grata por interpretar uma personagem que ainda está se esforçando e não é polida. Eu sou muito protetora com ela. Adoro a ideia de que mulheres jovens em todo o mundo assistem a série e se sentem um pouco mais condescendentes ou mais fortes. Todos nós do elenco estamos extremamente orgulhosos pelo fato de que podemos fazer parte deste show – um movimento, ouso dizer – que faz ondas através das gerações.”

ENXAGUE E REPITA
“Eu amo a linha da Dra. Sam Bunting. Ela é dermatologista em Londres e possui uma variedade de produtos simples e suaves com ingredientes ativos. Eu aprendi muito com ela. Eu realmente tenho uma pele horrível – fico com acne hormonal – e é importante ser persistente e paciente.”

ROUPA DE LAZER
“Eu amo essa marca incrível do sul de Londres chamada Peachy Den. Ele faz calças de veludo incríveis que são minhas preferidas. Também adoro o macacão de veludo cotelê Lucy & Yak. Eu me recuso a usar qualquer coisa que seja desconfortável.”

TEM QUE LER
“Acabei de terminar 21 Lições para o Século 21 do Yuval Noah Harari e realmente gostei. É muito oportuno por causa do bloqueio e foi bastante factual, mas também espirituoso. Foi uma leitura muito necessária.”


Fonte: ELLE Canadá
Tradução & Adaptação: Equipe Emma Mackey Brasil

Post arquivado em: Entrevista, Filme, Morte no Nilo

O site Deadline divulgou com exclusividade nesta quarta-feira, 7, que Emma Mackey estrelará o filme Nell Gwynn da produtora Working Title.

Baseada na peça vencedora do Olivier, de Jessica Swale, que também está na adaptação, a história acompanha a vida de Nell Gwynn, amante de Carlos II, e sua participação no teatro do século XVII. Lisa Baros D’Sa e Glenn Layburn, diretoras de Ordinary Love, irão dirigir.

Fonte: Deadline | Tradução & Adaptação: Equipe Emma Mackey Brasil

Post arquivado em: Filme, Notícias



@emmackeybrasil NO TWITTER

Emma Mackey fala sobre 'Eiffel' para a revista francesa Première. emmamackey.com.br/2021/04/01/…

Semana passada from Emma Mackey Brasil's Twitter via Twitter Web App

@emmackeybrasil NO Instagram
Emma Mackey Brasil emmamackey.com.br